Quem sou eu

Minha foto

William Goroncy do Nascimento é estudante de Economia (com especial interesse em Desenvolvimento e Planejamento Econômico) e Contabilidade. Além disso atua na militância política e de Direitos Humanos. Também tem participado de encontros políticos como forma de aprendizado desde 2008. Atuou em debates sobre os Direitos Humanos e participou de campanhas municipais e federais nas duas últimas eleições. Busca sua formação profissional e experiência no setor contábil e financeiro.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

05 / 09 / 2013 - 05:15am - 27 anos

... É cedo ainda, não amanheceu... A cama ainda não está quente.

Seriam as ideias, o futuro, os planos, e as surpresas?

Quem sabe as lembranças marcantes, alegres, ou nem tanto.
Começo a perceber o peso dos aniversários, eles já não trazem mais aquela frase "onde/como/quando/com quem farei minha festa", eles agora trazem as lembranças dos anos passados, e com eles os antigos sonhos, os objetivos alcançados, e também os momentos frustados.

Saudade de tantos... Momentos, pessoas, lugares...

Hora de fazer o balanço.

"Ira!" toca ao fundo, a casa cheira a incenso, e a caipira está chegando ao fim. Os gatos dormem.

Onde esteves? Onde estás?
Tudo tão particular, e ao mesmo tempo uma necessidade de apresentar resultados, mas pra quem exatamente?
Tanta solidão, mas que solidão é essa, que te acompanha em meio a multidão? Tanto tempo já se passou e ainda não vencestes? Ainda não estás satisfeito?

Não, e jamais estarei! "Eu quero sempre mais" diz "Ira!"
Aqui nascem novos projetos, outros rumos, "superficial feito um espinho" eram as dores que tiravam meu rumo.
Se os muros eram altos, baixos eram os degraus da escada.

"E aqui estou sozinho eu, com o tempo..."

Começam a correr os primeiros dias dos 28 anos, o que será que está por vir, até os 30?

"eu morreria por você, sem saber do que sou capaz."

"Feliz Aniversário, envelheço na cidade!"

Um comentário:

  1. bonito, sincero, tradução daquilo que sentiste. Parabéns!

    ResponderExcluir